Botões de Blackout

Botões de Blackout

13/07/2020 10:00

Em 1939 foi introduzido o blackout universal na Inglaterra: as luzes das ruas foram desligadas da rede elétrica, os faróis dos veículos tiveram que ser cobertos e as estações de trem eram iluminadas por velas.

Siga-nos no Facebook 

O Blackout durou até 23 de abril de 1945, quando o exército aliado estava indo em direção à Berlim. 

Os chamados ensaios de Blackout tornaram-se rotina desde o início de 1938, onde as famílias foram instruídas a verificar se havia vazamentos de luz, enquanto os bombardeiros da RAF voavam para verificar.

Durante um exercício em Suffolk, em abril de 1938, o relógio iluminado na prefeitura de Ipswich destacou-se como um farol, pois ninguém conseguia descobrir como desligá-lo. 

Essas experiências, monitoradas pela RAF, mostraram que o tráfego era o principal problema, uma vez que os carros com suas luzes laterais brilhavam revelando os padrões das ruas.

Esse era o verdadeiro significado do Blackout: mascarar pontos de referência no terreno. 

Os pilotos da Luftwaffe identificaram alvos usando mapas pré-guerra, combinados com fotografias de reconhecimento atualizadas, mas precisavam correlacioná-los com pontos de referência no solo. 

Porém, o Blackout causou alguns transtornos. No final do primeiro mês de guerra, havia 1.130 mortes nas estradas atribuídas à falta de luz e os médicos pediram aos pedestres que levassem um jornal ou um lenço branco para torná-los mais visíveis. 

Um dos slogans mais famosos que apareceram nos pôsteres do Ministério da Informação nesse período informou para as pessoas a 'Vestir Algo Branco à Noite'.

A tinta branca era a principal medida de segurança, sendo que listras eram pintadas em meio-fio. Um fazendeiro de Essex até pintou listras brancas em seu gado para que não fossem atropelados. 

As vendas de bengalas, tochas e baterias dispararam, pois as colisões entre pedestres eram comuns.

As restrições de luz também levaram a novos produtos inovadores para a época, a fim de ajudar as pessoas a serem vistas no escuro. 

Curta nosso Instagram     

Uma gama de acessórios luminosos, de flores de alfinete a bolsas, foi produzidas para refletir luz e ajudar a tornar seus usuários mais visíveis. 

Estes acessórios incluíram os botões que brilham no escuro.

Em 1941, os médicos diagnosticaram uma nova condição entre as pessoas: anemia de apagão. Assim como o transtorno afetivo sazonal é hoje reconhecido como associado à falta de luz natural no inverno, a depressão foi uma conseqüência reconhecida do apagão durante a Segunda Guerra Mundial

Fontes:TheGuardian, BBC, IWM, AWM

Se inscreva no nosso canal no Youtube!!

Também temos dois grupos de discussão sobre as Guerras no Facebook. Se você tem algum post, foto, vídeo, curiosidades sobre as Guerras, não deixe de compartilhar conosco!! Grupo Guerras e Grupo II Guerra.

 

Por Juliana Hembecker Hubert