O dia em que um bombardeiro B-25 colidiu no Empire State Building em 1945

O dia em que um bombardeiro B-25 colidiu no Empire State Building em 1945

16/02/2021 10:00

Em 28 de julho de 1945, o tenente-coronel William Smith pilotava um bombardeiro B-25 do Exército dos EUA através da cidade de Nova York quando ele colidiu com o Empire State Building, que era o edifício mais alto do mundo, às 9h45, matando 14 pessoas,  sendo 3 pessoas, incluindo Smith,,no avião e 11 pessoas no prédio, além de outras 26 feridas.

Era uma manhã de sábado no final da Segunda Guerra Mundial, e Smith estava voando em uma missão de transporte de rotina, transportando militares de Massachusetts para o Aeroporto LaGuardia, em Nova York.

O tenente-coronel William Smith era um piloto condecorado, acabado de registrar 1.000 horas de combate na guerra. Ele ganhou a Air Medal, a Distinguished Flying Cross e a Croix de Guerre como membro do 457th Bomb Group, onde atacou alvos no centro da Alemanha.

Veja o vídeo do acidente

O acidente ocorreu em virtude de uma densa neblina, onde o piloto Smith se viu perdido. Como estava voando devagar e baixo para buscar melhor visibilidade, ele fez uma curva errada para evitar o Chrysler Building, quando deu de frente para o Empire State Building.

Por causa da pouca visibilidade, a torre LaGuardia queria que ele pousasse, mas Smith solicitou e recebeu permissão dos militares para continuar para Newark.

A última transmissão da torre LaGuardia para o avião foi um aviso agourento: "De onde estou sentado, não consigo ver o topo do Empire State Building."

Quando o avião bateu, criando um buraco no prédio, partes do motor voaram à frente e cortaram os cabos de elevação de dois elevadores no 79º andar. Os elevadores bateram no subsolo. Em um dos elevadores estava uma operadora de elevador de 19 anos chamada Betty Lou Oliver. Ela quebrou a pélvis, costas e pescoço - mas sobreviveu.

O outro motor e parte do trem de pouso foi arremessado pelo 79º andar, através das divisórias da parede e saiu pelas janelas da parede sul para cair em um prédio de 12 andares na 33rd Street.

O combustível de alta octanagem do avião explodiu, lançando chamas pela lateral do prédio e por dentro através de corredores e escadas até o 75º andar.

Alguns destroços do acidente caíram nas ruas abaixo, fazendo com que os pedestres corressem em busca de cobertura, mas a maioria caiu nos recuos do prédio no quinto andar. A maior parte dos destroços, no entanto, permaneceu presa na lateral do prédio.

A Segunda Guerra Mundial fez com que muitas pessoas mudassem para uma semana de trabalho de seis dias. POr isso que, apesar de ser sábado, havia muitas pessoas trabalhando no Empire State Building. O avião colidiu com os escritórios do War Relief Services da National Catholic Welfare Conference.

Fontes:thoughtco, nationalinterest, nydailynews, time, allthatsinteresting

Não esqueça de curtir nossas páginas no Facebook e no Instagram e nosso canal do Youtube

Também temos dois grupos de discussão sobre as Guerras no Facebook. Se você tem algum post, foto, vídeo, curiosidades sobre as Guerras, não deixe de compartilhar conosco!! Grupo GuerrasGrupo II Guerra e Grupo da FEB.

Por Juliana Hembecker Hubert